Um dia a casa vem abaixo

Casa velha, abandonada, à beira da ruína. É a melhor descrição para este imóvel na rua dos Batocos, em Bragança. A varanda que deixa antever que foi bela e interessante, em tempos que já não voltam, está à beira da derrocada. Há pedras a segurar as telhas que não tardarão a tombar. O perigo é iminente para quem por ali passa e não são poucos, visto que o imóvel está próximo da Casa da Seda. No local há sinalização para alertar para o risco.  "Casa velha, ombreiras novas". Esta bem as precisa.