//BRAGANÇA

Forças de Segurança já fiscalizaram mais de 1200 cidadãos em Quintanilha

Publicado por Glória Lopes em Ter, 2018-11-06 12:27

Até ao início de outubro, o Centro de Cooperação Policial e Aduaneira (CCPA) de Quintanilha/Alcanices, junto à fronteira, desenvolveu 383 respostas a pedido de diversa entidades, desde a identificação de pessoas e veículos, detecção de armas e documentos. Foram ainda realizados 23 controlos móveis, controlados 1237 cidadãos e fiscalizados 781 veículos, segundo os dados que a GNR apresentou na cerimónia de substituição das antigas bandeiras (União Europeia, Espanha e Portugal) naquele CCPA Quintanilha/Alcanices, que teve lugar na passada quinta-feira. As várias ações realizadas conduziram, segundo o comandante da GNR de Bragança, Borlido da Rocha, ao levantamento de 26 autos de contraordenação, um auto de notícia por tráfico de estupefacientes e uma detenção e três apreensões.

Os crimes contra o património, o cybercrime (acesso indevido a dados) e os furtos/clonagem de cartões de crédito são os mais frequentes e que maiores preocupações suscitam atualmente às forças de segurança portuguesas e espanholas (PSP, GNR, SEF, PJ), que participaram naquela cerimónia, onde também esteve autarca de Bragança, Hernâni Dias, do subdelegado do Governo de Espanha em Zamora e o alcaide de Alcanices.