Mirandela

Agente da BT apanhado a conduzir com excesso de álcool no sangue

Publicado por Fernando Pires em Qua, 2019-01-23 12:40

Um homem de 44 anos foi detido, pela PSP, na noite de domingo, em Mirandela, após ter sido submetido a um teste de alcoolemia, numa operação STOP, que registou uma taxa de 1,48 gramas, valor que já é considerado crime.
O caso aconteceu, às 23, 20 horas, quando o indivíduo, um agente da Brigada de Trânsito da GNR do distrito de Bragança, seguia na sua viatura pessoal, em pleno centro da cidade mirandelense.
O homem foi conduzido à esquadra da PSP, onde foi notificado para comparecer no tribunal de Mirandela, na passada segunda-feira, com o caso a baixar a inquérito no Ministério Público.
Refira-se que se a taxa de álcool for igual ou superior a 1,2 gramas é um crime punido com pena de prisão até 1 ano ou com pena de multa até 120 dias, se a pena mais grave lhe não couber por força de outra disposição legal. Implica ainda a perda de 6 pontos na carta de condução e proibição de conduzir de 3 meses a 3 anos.