Atual // Bragança

Baixa Hotel é a primeira unidade hoteleira inaugurada no coração do centro histórico

Glória Lopes em Sex, 29/12/2017 - 18:00

O centro histórico de Bragança ganhou um hotel, o primeiro no coração da cidade, na Travessa da Misericórdia, mesmo ao lado da Praça da Sé, a dois passos da rua dos museus, a Abílio Beça, onde está instalado o Centro de Arte Contemporânea e o Museu do Abade de Baçal, próximo do Teatro Municipal, do Castelo e do espaço Polis. Trata-se do Baixa Hotel, localizado na Travessa da Misericórdia, uma unidade moderna e sofisticada, qualidades que complementa com um tratamento qualificado e personalizado a cada cliente, à boa maneira transmontana.
O Baixa Hotel foi inaugurado esta tarde de sexta-feira e abre ao público no dia 2 de janeiro.
Com projeto de um arquitecto brigantino, Luís Barros, destaca-se o design depurado, minimalista que faz da unidade um espaço confortável e luminoso, com vista para o castelo e a cidadela, pronto a satisfazer diferentes gostos e estilos, modernos ou contemporâneos. O mobiliário é minimalista mas prezam-se os detalhes.  "As linhas do edifício são direitas e simplistas, com uma decoração muito 'clean'. Aliás, é isso que queremos transmitir ao cliente: limpeza, qualidade e sofisticação", descreveu Dina Mesquita, da gerência. 
A unidade, que dispõe de 17 quartos (singles e duplos) e capacidade para 32 pessoas, permite sentir o pulsar da cidade de Bragança, uma das mais antigas do país. Os quartos dispõem de WC, televisão, Internet (wi-fi). "Partiu-se da recuperação de uma antiga residencial mudando a tipologia e o conceito. Aproveitamos este espaço, que está nesta zona da cidade, onde existia uma lacuna no turismo, com a falta de alojamento, que assim fica preenchida", explicou David Gonçalves, da gerência.