Nordeste Transmontano

Bragança é o município mais sustentável do Interior do país e quarto a nível nacional

Publicado por António G. Rodrigues em Qui, 2019-05-09 17:25

O município de Bragança foi considerado esta semana o quarto mais sustentável do país, de acordo com o Rating dos Municípios Portugueses, que analisou 25 parâmetros dos 308 concelhos do país.

O de Bragança é mesmo o melhor de todo o Interior do País, perdendo apenas para os gigantes Lisboa, Porto e Oeiras.
Este ranking surgiu de um trabalho de doutoramento de Paulo Caldas, docente do Instituto Superior Técnico.

“O objetivo foi analisar de forma integrada os 308 municípios do país”, explicou o autor do estudo ao Mensageiro.
“Até agora tinha sido apenas pelo anuário financeiro. Criou-se um modelo matemático que aponta um conjunto de indicadores”, frisou.

Ao todo, são analisadas quatro dimensões: Governação, Desenvolvimento Económico e Social, Eficácia nos Serviços à População e Sustentabilidade Financeira, que, por sua vez, estão segmentados em 25 indicadores, relativos ao ano de 2018.

Na dimensão “Serviço aos Cidadãos”, Bragança ocupa, em 2018, a terceira posição nacional e na dimensão “Sustentabilidade Financeira” o 14.ª lugar.
Os 25 critérios utilizados neste estudo são os seguintes: a) Governação (Taxa de abstenção; Orçamento Participativo; Participação dos cidadãos; Legitimidade Política); b) Serviço à população (Serviço de resíduos urbanos; Serviço de água para consumo; Serviço de águas residuais; Transportes urbanos; N.º de pensionistas; N.º de espetadores; Nº de lares de idosos e equipamentos públicos; Médicos por habitante); c) Desenvolvimento Económico e Social (PIB; Rácio de estudantes; Valor acrescentado bruto das empresas; Taxa de desemprego; Poder de compra per capita); d) Sustentabilidade Financeira (Taxa de operação; Despesa com pessoal per capita; Rácio de despesas correntes; Receitas globais per capita; Rácio do serviço da dívida municipal; Evolução da dívida per capita municipal; Rácio das despesas de capital).

Hernâni Dias surpreso mas satisfeito
 
O presidente da Câmara de Bragança, Hernâni Dias, mostrava-se, por isso, satisfeito com o resultado.

 

(Artigo completo disponível para assinantes ou na edição impressa)