Olhar // Bragança

Bragança revelou o misticismo por detrás da máscara

AGR em Qui, 07/12/2017 - 11:27

Cinco dias de intensa atividade cultural que trouxeram ao Nordeste Transmontano visitantes e cerca de 300 mascarados oriundos de León, em Espanha, foi o resultado da oitava edição da bienal da máscara, a Mascararte, que terminou terça-feira com a inauguração de uma exposição de máscaras, de Roberto Afonso (ver caixa). Desde a passada quinta-feira, Bragança foi o centro das festividades de inverno, que atraem cada vez mais visitantes à região, “não só no Carnaval”, como frisa António Tiza, investigador e autor do livro ‘A magia das máscaras portuguesas’, apresentado durante o certame.
LEIA A REPORTAGEM COMPLETA NA EDIÇÃO IMPRESSA OU EM PDF (ONLINE)