Atual // Bragança

Concelhia do PSD denuncia que ULS pode perder fundos europeus para as obras no hospital

GL em Sex, 06/07/2018 - 12:13

A concelhia de Bragança do PSD está preocupada com o funcionamento da ULS, por ainda não se ter iniciado a execução das obras destinadas à criação de um novo bloco operatório e de um laboratório de análises clínicas na Unidade Hospitalar de Bragança e também pela não conclusão das obras de remodelação do 2º piso de internamento deste hospital.
Segundo o PSD a candidatura a fundos comunitários (Programa Norte2020) para realização das referidas obras no bloco operatório e para um laboratório de análises  clínicas, no valor de 2,5 milhões de euros, foi aprovada em 23/09/2016; a data para a sua conclusão é 19/10/2018 (outubro deste ano) “e até ao momento ainda não foram iniciadas as referidas obras”.
Além disso, revelam ainda que as obras de melhoria do serviço de internamento no 2º piso estão paradas há mais de dois anos e que de todos dos compromissos assumidos pelo, então, Secretário de Estado de Saúde, Manuel Delgado, em 13 de janeiro de 2017, aquando a sua visita à Unidade Local de Saúde do Nordeste, “nenhum foi cumprido, designadamente as obras de beneficiação no Serviço de Cirurgia na Unidade Hospitalar de Mirandela, a abertura de uma Unidade de Convalescença na Unidade Hospitalar de Macedo de Cavaleiros e a aquisição de um novo equipamento de TAC para a Unidade Hospitalarde Bragança”.