Atual // Bragança

IPB foi considerado outra vez o melhor instituto politécnico de Portugal

Glória Lopes em Qua, 13/06/2018 - 14:00

 
Pela quinta vez consecutiva o Instituto Politécnico de Bragança (IPB) foi considerado o melhor de Portugal. A avaliação  é de U-Multirank, um ranking multidimensional promovido e financiado pela União Europeia.
Este ano aquela plataforma  avaliou e seriou mais de 1600 Instituições de Ensino Superior de 94 países de todo o mundo. "O Instituto Politécnico de Bragança ocupa, desde o início do ranking U-Multirank e pelo quinto ano consecutivo, a primeira posição entre todos os Institutos Politécnicos em Portugal, tendo obtido, em 2018, a sétima posição a nível nacional (entre todas as universidades e politécnicos portugueses)", adiantou uma fonte do politécnico brigantino, que deu ainda conta que "as pontuações máximas obtidas são o resultado da experiência acumulada e comprovada do IPB, nomeadamente, no impacto e excelência da sua produção científica e investigação aplicada, na mobilidade internacional de estudantes e no envolvimento com a sua região".
O IPB ocupa a 5ª posição nacional no sub-ranking de investigação (“readymade ranking in research and research linkages”), através da obtenção da classificação máxima “A” nos indicadores “Citation rate” (que mede o número médio de citações às publicações científicas da instituição), “Top cited publications” (que mede a proporção das publicações científicas da instituição no grupo das 10% de publicações mais citadas em cada área em todo mundo) e “International joint publications” (que mede a proporção das publicações científicas da instituição com pelo menos outro autor de uma instituição de outro país).
No sub-ranking de orientação internacional (“readymade ranking in international orientation”), o IPB ocupa a 4ª posição nacional, acrescentando a classificação máxima “A” no indicador “Student mobility” (que mede a dimensão dos estudantes enviados e recebidos em mobilidade e dos estudantes em programas internacionais conjuntos)..