Desporto // Futebol

Milton Roque apresenta sete vetores e uma equipa alargada para as eleições do GDB

António G. Rodrigues em Seg, 30/04/2018 - 12:38

São sete os vetores fundamentais da candidatura de Milton Roque, que encabeça a lista B às eleições do Grupo Desportivo de Bragança. Sob o lema “Mais GDB”, a candidatura foi publicamente apresentada na passada sexta-feira, no hotel S. Lázaro, em Bragança.
Futebol, Inovação, Saúde, Convívio, Proximidade, Eficiência e Modernidade são os vetores principais desta lista, que é constituída ainda por cinco vice-presidentes.
Alcino Pilão propôe-se criar um departamento de saúde dentro do clube, Francisco Asseiro (atual vice-presidente) ficará a cargo do futebol, Hélder Soares da logística, Pedro Murçós dos eventos e publicidade, Sérgio Afonso da Comunicação e Marketing. José Luís Batista será o responsável pela área financeira da candidatura.
Jorge Novo é o candidato à Mesa da Assembleia Geral e Susete Abrunhosa a candidata ao Conselho Fiscal.
O empresário Delfim Batouxas é o mandatário desta candidatura, que tem ainda Óscar Guerra como Diretor Desportivo. “Ao contrário do que dizem, não venho para o GDB ganhar dinheiro”, frisou Óscar Guerra, que pretende fazer uso da sua “experiência” enquanto dirigente da Associação de Futebol de Bragança.
“Vamos criar um departamento de ‘scouting’ (prospeção)”, prometeu. Por outro lado, recusou entrar em promessas desportivas, pois entende que “Bragança não tem estrutura para os campeonatos profissionais”, numa clara alusão à promessa de Batista Jerónimo levar o GDB à II Liga.
Também pretende criar “uma equipa feminina”.
Já Milton Roque, que entrou na sala debaixo de apoteose, aponta a “projetos concretos” dentro dos vetores enunciados.
“Queremos sempre ter mais ambição desportiva. Vamos criar uma academia do Grupo Desportivo de Bragança. Temos um projeto que é “O clube vai à escola”. Queremos que as crianças cada vez mais contatem com os atletas.
Vamos criar uma sede social e um museu. Há muitos troféus que é preciso guardar num local condigno. Vamos criar um campo de treinos. Queremos a valorização dos sócios. O clube faz-se pelos sócios. Temos de rever com alguma urgência os estatutos do clube. A sustentabilidade financeira tem de estar sempre presente. É o nosso rumo. Não há promessas quer não possam ser cumpridas. Está escrito”, sublinhou.

“Devaneios primários e opiniões bacocas”
 
Milton Roque revelou que a Academia “envolve parcerias que já estão estabelecidas” mas que só revela depois das eleições. “Será uma decisão do próximo presidente”, sublinhou.
Quanto ao treinador, diz que “ainda não está escolhido”. “Teremos todo o gosto que seja de Bragança”, frisou.
Instado a comentar as acusações lançadas pela lista concorrente, em comunicado, Milton Roque foi taxativo. “Não respondo. O que me faz continuar a querer contribuir para o GD Bragança são os projetos e as ideias. Estarei sempre disponível para debater ideias e projetos mas não respondo a nenhum tipo de provocação”, sublinhou, aos jornalistas, no final da sessão.
Já antes disso, durante o seu discurso, Milton Roque garantiu que o único propósito da sua equipa “é a vontade de contribuir, de ajudar e de retribuir generosamente aquilo que recebe[ram] da sociedade”.
“Não há, nem nunca haverá, jogos de bastidores, cartadas escondidas ou subterfúgios de intenções”, garantiu.
“Todas as pessoas que compõe esta lista fazem-no com este propósito, com este objetivo e com esta conduta: honestidade, rigor, transparência, paixão e empenho. Tudo o resto que possam dizer acerca desta candidatura são devaneios primários e opiniões bacocas”, sublinhou Milton Roque.
 

Tags: