Atual // Nordeste Transmontano

Números do projeto SAFE são animadores

Fernando Pires em Sex, 09/02/2018 - 09:08

Desde dezembro, cerca de 700 dos utentes que passaram pela urgência do hospital de Mirandela já recorreram ao SAFE – Serviço Nacional de Assistência Farmacêutica – o projeto-piloto que está a ser implementado, no distrito de Bragança.
Os números foram avançados, na passada sexta-feira, no centro de saúde 2, de Mirandela, durante a apresentação pública do projeto com o intuito de tornar a saúde mais próxima dos cidadãos.
Há dois meses que todos os utentes do distrito de Bragança que necessitem de medicação considerada urgente, após terem sido atendidos durante a noite num hospital ou centro de saúde, ficam a saber que farmácias têm os medicamentos prescritos.
Há ainda a possibilidade de se pedir entrega ao domicílio, que chegará num prazo máximo de duas horas. Basta ligar para o 800 24 14 00, o contacto de um centro de atendimento especializado constituído por farmacêuticos.
O serviço funciona entre as 21h e as 9h de segunda a sábado. Nos domingos e feriados funciona todo o dia. Trata-se do projeto SAFE, uma parceria entre os Ministérios da Saúde e das Finanças e a Associação Nacional de Farmácias.