Cultura // Bragança

O desassossego de Esmeralda da Costa em busca das raízes na Mãe Terra

Glória Lopes em Qui, 07/09/2017 - 11:09

A procura da identidade, das raízes transmontanas, mas também  o peso que se carrega por se ter crescido entre as culturas e tradições de dois países, bem como uma ligação mais lata ao planeta estão bem patentes na exposição da artista plástica luso-francesa, Esmeralda da Costa,”La Terre-Mère - A Mãe Terra” em exibição no centro cultural Adriano Moreira. Esta é a primeira vez que a artista plástica expõe em Portugal. Começou, precisamente, pela terra natal da mãe. Em imagens debatem uma questão existencial: a demanda pela identidade.