Igreja // //Diocese

Padre missionário de Mogadouro satisfeito com trabalho de 55 anos em Angola

Francisco Pinto em Qui, 01/02/2018 - 09:53

Aos 92 anos, o missionário Telmo Ferraz, com origens no concelho de Mogadouro, olha para a Casa do Gaiato de Malanje, Angola, com a sensação do dever cumprido, uma história de 55 anos em que ajudou mais de duas mil crianças angolanas. 
“Pela Casa do Gaiato de Malanje, passaram cerca de dois mil rapazes, que ao longo de meio século, e após receberem a devida instrução escolar, se transformaram em ministros, generais, empregados bancários, empresários, advogados, entre outras profissões”, explicou ao Mensageiro o padre Telmo Ferraz.
O clérigo, nascido em Bruçó, no concelho de Mogadouro, é hoje visto como “um verdadeiro missionário do bem”, por todos quantos se cruzaram na sua vida.