A opinião de ...

Os bons dias em janeiro pagam-se em fevereiro

A última semana foi carregada de interesse em termos meteorológicos. Na região cumpriram-se as previsões e o nevoeiro, as geadas e o sincelo foram protagonistas, com Mirandela a destacar-se a nível nacional devido às baixas temperaturas registadas no vale do Tua. Durante vários dias a estação oficial do IPMA registou as temperaturas negativas durante as 24 horas do dia, feito notável que não se repete todos os anos, nem em muitos locais de Portugal, com as imagens do sincelo que pintou de branco a cidade a tornarem-se virais nas redes sociais.

Já em cidades como Bragança, Macedo de Cavaleiros ou Miranda do Douro o cenário foi bem diferente, noites muito frias com geadas significativas, mas nas horas diurnas com muito sol e temperaturas muito mais agradáveis. Uma grande amplitude térmica, ou seja, com diferenças muito grandes entre as temperaturas ao início da manhã e da tarde.

Nos próximos dias iremos continuar com as mesmas condições meteorológicas, continuo a não prever precipitação, pelo que os dias continuarão com muito sol em toda a região, nevoeiros nos vales e terras baixas, que poderá persistir todo o dia em alguns locais. As noites serão gélidas com geadas intensas e com fortes inversões, pelo que as mínimas vão estar abaixo da média para este período. Bragança terá mínimas a rondar os -5ºC, e podem descer mais em locais como Gimonde. Já as máximas vão variar entre os 6ºC e os 9ºC, nos vales profundos, zonas abrigadas e sombrias e continuará a haver condições para a formação de gelo e sincelo.

A situação de ausência de precipitação ainda não é preocupante na nossa região, mas tal como vos referi na semana passada havia a possibilidade de voltarmos a falar em seca, e assim foi. No relatório de dezembro, o IPMA voltou a colocar o sul do país em situação de seca, sem chuva este mês, poderemos também ver Trás-os-Montes na mesma situação no relatório de janeiro e a longo prazo ainda pouca precipitação se prevê.

Acompanhem diariamente todas a atualizações através das páginas nas redes sociais Facebook e Twitter do Meteo Trás-os-Montes.

Edição
3712