Pe. Calado Rodrigues

Viver hoje o meu batismo

O tempo da Quaresma era, na Igreja Primitiva, o tempo privilegiado para quem recebia instrução religiosa – os catecúmenos – fazerem a sua preparação próxima em ordem ao batismo que iriam receber na Vigília Pascal. Isto, note-se, passava-se num contexto em que o batismo era recebido na idade adulta, depois de os indivíduos terem percorrido um longo caminho espiritual e um percurso de aproximação à comunidade dos crentes. Era na Quaresma, então, que se faziam os últimos escrutínios, que se entregava o Credo e o Pai-nosso.