José Mário Leite

A MAIOR AMEAÇA É INVISÍVEL E NÃO TEM CÉREBRO

A forma como escrevo as minhas crónicas é a mesma desde há muito tempo. Começo por escrever um rascunho onde a preocupação principal é registar as ideias. Gravo esse ficheiro que depois será revisto, corrigido e melhorado. Gravo por cima do anterior. Depois de uma última leitura é enviado para o jornal. Inexplicavelmente o ficheiro enviado para o Mensageiro e que constituiu a minha última crónica em vez de ter sido o ficheiro revisto e corrigido, foi o rascunho e estava com vários erros e incorreções. Só me apercebi desta lamentável troca quando recebi o jornal.


Sabor Lake Resort

Uma das mais valias que a barragem do Baixo Sabor pode potenciar é o turismo, nomeadamente na sua componente fluvial. O empreendimento hidroelétrico proporcionou o aparecimento, no antigo leito do rio nordestino, de três grandes lagos, em cada um dos três concelhos mais ocupados pelas águas: o Lago do Medal em Mogadouro que comunica com o Lago dos Santuários, em Alfândega pelo Estreito  do Aguilhão e deste, passa-se ao Lago de Cilhades através da Garganta da Fraga do Fojo.


Estranhas estranhezas

José Manuel Fernandes é um homem do norte e deputado europeu. Tem-se dedicado a promover e divulgar o norte de Portugal nomeadamente Minho e Trás-os-Montes editando e distribuindo um anuário “Pela Nossa Terra” a que vem associada uma agenda que envia para as Câmaras Municipais. No dia 29 de Julho passado foram distribuídos, em Reunião de Câmara de Moncorvo exemplares da agenda do eurodeputado. Nessa mesma reunião foi incubida a vereadora Piedade Meneses de reclamar junto do autor a inclusão, no referido documento, das festas e romarias moncorvenses.