Desporto // // CPP Entrevista a António Forneiro

“Há muitos jogadores no Distrital com qualidade mas falta-lhes o compromisso para serem futebolistas

AGR em Qui, 04/01/2018 - 09:28

Há sete anos à frente do Argozelo, António Forneiro já conduziu o clube ao Campeonato de Portugal por duas vezes. A primeira vez foi há dois anos. Agora repete a presença no CPP mas lamenta que, na região, falte mentalidade competitiva aos jogadores.
Mensageiro de Bragança: Como está a ser este regresso ao Nacional?
António Forneiro: Está a ser complicada mas tem que se aguentar. Na nossa série há equipas sortes e também não temos tido sorte. Sofremos muitas derrotas pela margem mínima. Vamos ver se com o novo ano as coisas mudam.
 
MB.: Que diferenças encontra para aquele que foi o ano de estreia?
AF.: As equipas são mais fortes. O Fafe, o Vizela, o Merelinense desceram da II Liga e agora é normal que apostem forte. O modelo do campeonato também está diferente. Descem seis equipas e é mais complicado porque todos jogam para o ponto. É um campeonato mais forte.