Miranda do Douro

Produtores de gado querem água do Douro para manter explorações

Publicado por Francisco Pinto em Qui, 2019-04-18 10:14

Os produtores de gado ovino do Planalto Mirandês reclamam água do rio Douro para combater a seca que assola a região, que está a deixar as explorações pecuárias sem alternativa viável para manter os efetivos, num ano em que houve uma diminuição significativa de animais a participar no concurso nacional.
“A água tem sido pouca nos últimos três anos. Só na minha exploração, com um efetivo de cerca de 300 cabeças de ovinos de uma raça, tida como autóctone, como é o caso da Churra Galega Mirandesa, tive de abrir oito charcas. A alternativa passa por captar água no rio Douro para sustentar o efetivo”, adiantou o presidente da Associação de Criadores de Ovinos de Raça Churra Mirandesa, Tiago Sanches da Gama. O também produtor de ovinos garante que se têm feito tentativas de abrir furos artesianos, sem sucesso, e as charcas que vão abrindo vão ficando secas mais cedo que o previsto.