A opinião de ...

De Todos os Santos ao Natal, bom é chover e melhor nevar

Estamos já a menos de duas semanas do Natal e o que mais me perguntam é como vai estar o tempo na quadra natalícia.
É uma questão de difícil resposta, embora haja sinais consistentes que apontam para um período que poderá ser de alguma instabilidade, a começar esta semana e que se pode prolongar até ao final do ano.
Os modelos meteorológicos simulam um enfraquecimento das altas pressões nas nossas latitudes, com o recuo do anticiclone dos Açores para a sua posição natural de inverno a sul daquele arquipélago e o aparecimento de nova zona de altas pressões na Escandinávia, entre os quais se abrirá um corredor atlântico, húmido, não excessivamente frio que voltará a garantir precipitação em toda a região.
O período de maior instabilidade terá início hoje, com a passagem da primeira frente atlântica, deixará chuva, pontualmente moderada e persistente em especial nas zonas montanhosas do norte da região, a partir da tarde a neve poderá a cotas de 1000 metros aproximadamente, nos pontos mais altos de Montesinho podem acumular-se entre 5 a 10cm de neve, também, pode nevar algo nas Serras da Corôa e Nogueira, ainda não será aquela nevada que todos esperamos.
Durante os próximos dias vão acumular-se alguns litros de precipitação, variando entre os 20 a 25 litros por m2 esperados para a região do Douro e os 50 a 70 litros nos concelhos de Vinhais e Bragança.
No que toca às temperaturas, vamos continuar com um ambiente em geral suave, sem grandes episódios de frio como é natural com correntes húmidas e amenas de sudoeste, assim não são esperadas geadas que continuam praticamente ausentes da região. As mínimas deverão variar entre os 3 a 6ºC em Bragança, 2 a 7ºC em Vimioso, 4 a 9ºC em Freixo de Espada à Cinta, as máxima irão variar provavelmente entre os 8 a 12ºC em Bragança, 11 a 15ºC em Mirandela e entre os 9 a 13ºC em Mogadouro, temperaturas altas para esta época do ano.
No largo prazo poderemos assistir ao aquecimento súbito da estratosfera e consequente enfraquecimento do vórtice polar. O que isto significa? Que poderemos assistir a entradas polares de importância na Europa, que poderão trazer a tão ansiada neve à região nas próximas semanas, a última vez que tal fenómeno aconteceu, pintou toda a região de branco em fevereiro deste ano.
Consulte toda a informação atualizada diariamente no Facebook do Meteo Trás-os-Montes e na próxima semana aqui no seu jornal.
Feliz semana e boas festas!

Edição
3709