// Dia Diocesano da Família

D. José Cordeiro pede mais atenção de todos para com os velhos que vivem sós e esquecidos

Publicado por Glória Lopes em Qui, 2019-06-06 09:48

O bispo da Diocese de Bragança-Miranda lamentou o aumento do abandono dos velhos na região, que vivem numa profunda solidão, uma realidade que considera “preocupante” e pediu às comunidades que estejam mais vigilantes sobre o bem estar das pessoas que vivem sós, durante a celebração do Dia Diocesano da Família e o Dia Mundial das Comunicações Sociais no passado sábado, 1 de junho, cujas atividades tiveram lugar na Escola Secundária Emídio Garcia, em Bragança. D. José Cordeiro, que continua a visitar as IPSS’s canónicas no âmbito da visita pastoral “Diaconia da Caridade”, alertou que “a realidade do nosso território é preocupante, não só pelo isolamento e despovoamento, mas também pela solidão que passam muitas pessoas, sobretudo os idosos. Da solidão facilmente se passa ao esquecimento”, referiu o prelado que se tem deparado com situações verdadeiramente tristes de velhos que até têm vários filhos mas são deixados ao abandono em instituições ou nas próprias casas.