A opinião de ...

Há três militares a destacar: Capitão Eurico Corvacho, coordenador operacional, Tenente-Coronel Carlos Azeredo, comandante operacional, Capitão António Delgado Fonseca, o «multifunções».
Capitão Eurico Corvacho 1937-2011

Qui, 2024-06-20 10:35

Era óbvio! Ou pelo menos parecia certa, sem entrar em teorias da conspiração e de maledicência, que aquela demissão do nosso ex-Primeiro-Ministro, António Costa, era a oportunidade dourada surgida e sugerida pelo parágrafo da Procuradora-Geral da República para se demitir.

Qui, 2024-06-20 10:07

Decorreu em Bragança, no dia 18 de maio passado, o encontro dos 60 anos (1962- 1964) do Curso do Magistério Primário. Durante o evento e nas conversas travadas através do WhatsApp (meio tecnológico aqui bem-vindo, diferente do abuso a que assistimos nos dias atuais), a referência a mestres tem sido uma constante. Desde logo, o nome do Professor Dionísio Gonçalves que orientava a preparação prática, dos “aspirantes” a professores primários.

Qui, 2024-06-20 10:06

Assente a poeira das últimas eleições para o Parlamento Europeu, perante a pobreza franciscana de tudo quanto os candidatos, formatados de acordo com a estratégia e os interesses partidários, com raras exceções, foram autorizados a fazer e a dizer durante as duas longas e fastidiosas semanas da campanha eleitoral, durante a qual se falou e se discutiu tudo menos o que realmente estava em causa nestas eleições para motivar os eleitores e convence-los a votar, perante a enorme abstenção registada, como já era previsível, não há como esconder que, na linha dos anteriores, também este process

Qui, 2024-06-20 10:05

Um dos ideais porque sempre me bati, foi a democracia e a Liberdade. Quando se deu o 25 de Abril, foi um dos temas que sempre me bati (já antes foi assim…) era a igualdade e a democracia. Hoje, passados cinquenta anos, penso que ainda há muita coisa a corrigir, apesar do que já foi feito. Continua a haver uma grande diferença entre as “classes sociais”.

Qui, 2024-06-20 10:04

“Eu sou tu quando eu sou eu” (Paul Celan)
A identidade nacional (a portuguesa, em particular) resulta, inevitavelmente, dum processo de comparação com outras identidades e, em algumas circunstâncias, resulta numa reação de cariz mais bélica, quase numa tentativa última de afirmação da sua pertinência enquanto povo e nação.

Qui, 2024-06-20 10:01

Em janeiro, o Papa Francisco, falando de improviso para os membros da Associação Italiana para a Subsidiariedade e a Modernização dos Órgãos Locais, chamava a atenção para aquilo que apelidou de cultura do despovoamento, que Itália e outros países, como Portugal, enfrentam.
“Devemos levar a sério o problema da natalidade porque aqui está em jogo o futuro do país”, disse o Papa. “Ter filhos é um dever para sobreviver, para seguir em frente”, concluiu Francisco I.

Qui, 2024-06-20 09:59

Em Portugal, a actual concepção de educação como resultado integrado da instrução escolar, da educação para a cidadania e de todas as experiências de vida, sejam elas formais ou informais, surgiu no início do terceiro quartel do Século XIX mas a Escola deu sempre prioridade à instrução ou ensino e aprendizagem de conhecimentos, resultando a educação essencialmente dos comportamentos implícitos dos actores envolvidos no processo instrutivo, dos textos de História, de Língua Materna e de Religião e Moral Cristã Católica (RMCC), da interiorização que deles fizeram os alunos e da socialização f

Qui, 2024-06-20 09:59

E quem ousar cortar a liberdade de uma criança no que a faz mais feliz nunca entenderá a essência do verdadeiro futebol.

Muitos dos meus fins de semana são passados em torneios e encontros dos mais pequeninos. É lá que surgem as minhas interrogações e dúvidas sobre o que é realmente formar talento e cultivar a paixão pelo futebol.

Qui, 2024-06-13 16:13

O PS esta em estado de choque. Não sabe se há–de estar contra a justiça ou não.
Não sabe se há –de estar contra o Ministério Publico que, de mansinho, foi mostrando ao povo o que todos nós temos visto. E não sabe se há-de estar contra o povo por se ter fintado no Ministério Publico.
Diz que não quer impedir a governação AD e de Montenegro. Porque não há uma «maioria de esquerda» no parlamento. Se houvesse teríamos, pois, mais uma geringonça com os derrotados de sempre. Outra bez ?...
Não vota a favor do programa de governo da AD mas, também, “nun bota contra”

Qui, 2024-06-13 09:55

Implantada na margem direita do rio Maças, que traça a linha fronteiriça com Espanha, e distante 25 km de Bragança, Outeiro está referenciada desde D. Sancho I. Foi sucessivamente designada Outeiro de Asnas, Outeiro de Muas, Santa Maria de Outeiro, Outeiro de Miranda e, atualmente, Outeiro. Teve no castelo “dionisino”, situado no morro sobranceiro a 812 mt de altitude, em ruínas desde a guerra de 1762, o fiel guardião, e apresenta a seiscentista Igreja-Basílica do Santo Cristo como monumental imagem de marca.

Qui, 2024-06-13 09:51

Quando, em 2023, se iniciaram em Carção as obras de recuperação dum velho barracão para nele instalar um moderno mini mercado, muito a gente pensava que um investimento desta natureza, numa zona com todas as limitações, as dificuldades e as condicionantes próprias duma terra fronteiriça do nordeste transmontano, não tinha qualquer viabilidade económica, era um enorme risco e tinha tudo para acabar mal.

Qui, 2024-06-13 09:46

Na campanha para o Parlamento Europeu, Pedro Nuno Santos, comentando e criticando o Plano do Governo para a Saúde, acusou a AD de querer destruir o SNS (questão antiga, alinhada com o pensamento dos antigos parceiros da Geringonça de que foi ator relevante), com o intuito de entregar toda a estrutura nacional de saúde aos privados. O Secretário Geral do PS preconizou que, dentro de algum tempo, com a prossecução desta política, os portugueses ficarão extremamente limitados nas suas opções, quanto aos cuidados de saúde, em todos os seus aspetos.

Qui, 2024-06-13 09:45

Na escala dos direitos na filosofia política democrático-liberal, o direito à vida é o primeiro e mais importante dos direitos individuais. Foi consagrado por Oliver Cromwell em 1641 como Habeas Corpus. Já o direito a uma vida digna é uma construção político-social com ritmos diferentes conforme a evolução do Estado Social, em cada país. Mas a Carta Europeia dos Direitos Fundamentais, de 2016, deu uma grande ajuda à disseminação do conceito.

Qui, 2024-06-13 09:44

As eleições Europeias são, por tradição, pouco caras aos portugueses. Há cinco anos, a abstenção no distrito de Bragança superou os 70 por cento.
Mas, desta vez, talvez ainda imbuídos do espírito eleitoral motivado pela recente realização de eleições Legislativas (em março último), quase 40 por cento dos eleitores do distrito de Bragança foram às urnas, mesmo se não tinham nenhum representante seu em lugar elegível.

Qui, 2024-06-13 09:43

Ícone de «Abril» e protagonista aclamado do golpe de 25 de abril, foi o operacional que ocupou o Terreiro do Paço com as forças de «Santarém» e subiu ao Carmo para impor a rendição de Marcello Caetano.

Qui, 2024-06-06 16:57

A ideia supina de classificar como “dores de crescimento” as consequências da vaga descontrolada de emigrantes que, nos últimos tempos, tem demandado Portugal, feita numa ação de campanha eleitoral pelo cabeça de lista de um dos partidos concorrentes às eleições para o Parlamento Europeu, ridícula demais para passar em claro.

Qui, 2024-06-06 16:56

Ua de las cousas que muitas bezes oubimos subre l mirandés ye que esta ou aqueilha palabra, esta ou aqueilha maneira de dezir, tamien s’úsan neste ou naquel lhugar. Stamos a falar de palabras ou spressones que, muitas bezes, son bistas cumo calactelísticas de l mirandés mas que, an ciertos causos, se puoden scuitar por tierras que stan mais ou menos acerca de nós.

Qui, 2024-06-06 16:55

A saúde é, para nós, a terceira função social mais importante no Estado Democrático, depois da Economia e da Justiça.
O Estado assegura esta função social através de serviços do Estado, de serviços privados convencionados ou não com o Estado, e de serviços do sector social (pessoas colectivas de apoio social, misericórdias e Igrejas), também convencionados com o Estado.

Qui, 2024-06-06 16:54

Este é o lema dos Bombeiros portugueses salientando um modo de viver, um comportamento e uma atitude de altruísmo, de dedicação à vida, qualquer que ela seja, independentemente do espaço e do tempo em que se realize, desde o nascimento até à morte dos seres.
Assim, quando ouvimos a sirene podemos imaginar os seus corações prontamente a pulsar com maior ritmo, prontos e disponíveis para responder à chamada, procurando dar o melhor pelo seu próximo, nas circunstâncias de maior risco, sabendo que vão, mas não sabendo se voltam a casa.

Qui, 2024-06-06 16:53

Assinaturas MDB