Nordeste Transmontano

Covid-19: Quarta vítima mortal no distrito de Bragança

Publicado por Fernando Pires em Ter, 2020-04-07 20:56

Uma mulher de 89 anos, natural de Macedo de Cavaleiros, morreu, esta terça-feira, no hospital de Bragança, por Covid-19, confirmou um familiar.
Ao que apuramos, a idosa já estava internada naquela unidade hospitalar, há cerca de um mês, mas nunca tinha sido sinalizada como doente Covid.

Só na semana passada terá sido sujeita ao teste de despistagem, cujo resultado positivo foi conhecido na passada sexta-feira.
Durante as últimas horas, o seu quadro clínico agravou-se e acabou mesmo por falecer, esta tarde.

Desde o dia 14 de março, altura em que foi diagnosticado o primeiro caso desta pandemia, no distrito de Bragança, é já a quarta morte por Covid-19, a primeira do sexo feminino.

As restantes três mortes são todas do sexo masculino: um homem de 72 anos, natural de Mirandela e residente em Bragança. Um idoso de 91 anos, do concelho de Vimioso. e um outro homem de 61 anos, residente no concelho de Vinhais.

A quarta vítima mortal acontece no mesmo dia em que o distrito de Bragança registou os primeiros dois casos recuperados depois de terem dado negativos os dois testes a que foram submetidas, condição exigida para as autoridades de saúde darem como recuperado alguém que tenha sido infetado pelo novo coronavírus.

São duas mulheres: uma profissional de saúde de Mirandela, que trabalha em Braga e outra pessoa do sexo feminino residente no concelho de Torre de Moncorvo.

Os números mais recentes da situação epidemiológica no distrito, referentes a esta terça-feira dão como confirmados 156 casos da Covid-19, o que representa um aumento de 14 face ao dia de ontem.

Nos novos casos, seis são do concelho de Torre de Moncorvo, cinco de Bragança, dois de Vila Flor e um de Macedo de Cavaleiros.
Na distribuição dos casos pelos concelhos do distrito, desde 14 de março, dia em que foi confirmado o primeiro caso, registado em Mirandela, o concelho de Bragança continua a ser o que regista o maior número de infetados, já conta 75 casos. Torre de Moncorvo passa a ter 25, a grande maioria registados na Unidade de Cuidados Continuados da Santa Casa da Misericórdia.

Macedo de Cavaleiros passa a ser o terceiro concelho do distrito com mais casos de Covid-19, registando agora 16 pessoas infetadas, mas uma do que Mirandela, que mantém os 15 casos.

A seguir aparece o concelho de Vinhais com 7 casos, Vimioso com 6 e Vila Flor que já totaliza 5 pessoas infetadas pelo novo coronavírus.
Carrazeda de Ansiães tem três casos; Miranda do Douro tem dois, enquanto Freixo de Espada à Cinta e Alfândega da Fé registam um caso.
Até agora já foram testadas à Covid-19 um pouco mais de 1660 pessoas do distrito, o que significa que testaram positivo 9,4%, enquanto 42 pessoas ainda aguardam resultado laboratorial dos testes efetuados.

No total, as autoridades de saúde do distrito têm mais de 2100 contactos sob vigilância.