Bragança

Caiu a direção da Associação Humanitária dos Bombeiros (EM ATUALIZAÇÃO)

Publicado por AGR em Qui, 2019-07-11 21:57

Caiu a direção da Associação Humanitária dos Bombeiros de Bragança, confirmou ao Mensageiro o presidente da Mesa da Assembleia Geral, Fernando Calado.

De acordo com aquele responsável, foram “vários” os elementos que “apresentaram a sua demissão” nos últimos dias, deixando aquele órgão diretivo sem quórum.

Fernando Calado não especificou, contudo, quantos foram os elementos a sair.
O Mensageiro tentou chegar à fala com o presidente da Direção, Rui Correia, que, segundo o presidente da Assembleia, não é um dos demissionários, mas até ao momento não foi possível obter uma reação.

A direção da Associação que gere os bombeiros brigantinos, nomeadamente o transporte de doentes, era composta por sete efetivos e dois suplentes.

Ao Mensageiro, um dos elementos demissionários confirmou a saída, alegando “motivos pessoais e de saúde”, recusando que tenha tido a ver com o diferendo entre o corpo ativo e a Direção devido ao não pagamento de prémios referentes ao ano de 2017, de que o Mensageiro já deu conta.

Na semana passada já outro elemento, um dos mais recentes a entrar na equipa, tinha batido com a porta, apresentando a sua demissão.  

Comandante garante socorro às populações

Contactado o comandante do corpo ativo dos bombeiros brigantinos, José Fernandes remeteu qualquer explicação para a direção.

Contudo, deixou a garantia de que “socorro de pessoas e bens e o transporte de doentes far-se-á tão bem ou melhor do que antes”.

O Mensageiro vai continuar a acompanhar esta situação.