Nordeste Transmontano

Distrito termina dia de quinta-feira com 38 casos oficialmente confirmados de covid-19

Publicado por AGR/FP em Qui, 2020-03-26 23:06

São 38 os casos oficialmente confirmados de covid-19 no distrito de Bragança, apesar de nem todos estarem na região. Bragança, com 23 casos confirmados, é o concelho em que o novo coronavírus mais estragos tem feito, seguindo-se Mirandela, com seis. Um deles foi confirmado hoje e outro ainda na quinta-feira. Nestes seis inclui-se a profissional de saúde que reside e trabalha em Braga, apesar de ser natural de Mirandela.

Macedo de Cavaleiros tem quatro casos confirmados (dois em Lagoa e dois em Talhas).

Torre de Moncorvo, ao contrário do que ontem, erradamente, veiculámos, tem apenas um caso confirmado, tal como Vimioso, Freixo de Espada à Cinta, Alfândega da Fé (um homem que mora no Porto) e Carrazeda de Ansiães.

Este foi o mais recente concelho a juntar-se à lista, com o resultado positivo hoje conhecido de uma mulher, com cerca de 60 anos, que tinha dado entrada, ontem, no hospital de Mirandela e posteriormente transferida para o hospital de Bragança, com sintomas que indiciavam poder tratar-se de mais um caso de Covid-19, no distrito.

Ao que apuramos, esta professora aposentada estava a cumprir quarentena após uma viagem de cruzeiro ao Dubai e terá sofrido um agravamento dos sintomas, nos últimos dias.

Por indicação do SNS 24 foi transportada, pela ambulância SIV do INEM, ao hospital de Mirandela, onde já necessitou de ser ventilada.

Devido à gravidade de quadro clínico foi decidido transportar a mulher para o hospital de Bragança, onde permanece internada.

Hoje surgiu um outro caso em Mirandela, relacionado com um positivo anterior, e outro em Bragança, de uma profissional de saúde, familiar do empresário que ontem tinha testado positivo.

Em Bragança nota ainda para o caso positivo de uma psicóloga da rede de Cuidados Paliativos e de um homem que, apesar de ter residência oficial em Bragança, habita fora da região.

Também foi conhecido o caso de uma doente oncológica que estava no hospital de Bragança, onde foi feito o teste. Mas, antes de conhecido o resultado, foi encaminhada para a Unidade de Cuidados Continuados da Santa Casa da Misericórdia local. Daí foi transportada a uma consulta oncológica no hospital de Macedo, ontem, tendo já ficado internada após ser conhecido o resultado positivo.