Nordeste Transmontano

Covid-19: Mais 16 novos casos no distrito e 27 recuperados

Publicado por FP/AGR em Ter, 2020-10-06 23:38

As autoridades de saúde do distrito contabilizaram, desde a passada sexta-feira até esta terça-feira, nos cerca de 780 testes processados, mais 105 casos de infeção do novo coronavírus, 16 deles nas últimas 24 horas.

O concelho de Bragança tem mais 8 pessoas infetadas, que estão ligadas a duas novas cadeias de transmissão, que não estão relacionadas com os lares da Santa Casa da Misericórdia.

Continuam a aumentar os casos entre as comunidades cabo-verdiana e brasileira, que levaram, já, a uma turma de oitavo ano do Agrupamento Miguel Torga a entrar em isolamento.

No agrupamento Emídio Garcia há mais três alunos infetados mas já estavam em isolamento e o contágio terá sido em contexto familiar, pelo que não foi necessário tomar outras medidas. Os colegas mais próximos foram testados mas os resultados foram negativos.

Há, ainda, um foco da doença que afeta a equipa dirigente do Grupo Desportivo de Bragança.

Os concelhos de Macedo de Cavaleiros e Mogadouro, registaram 3 novos casos positivos, cada.
Em Mogadouro, as situações agora reveladas estão relacionadas com o surto de Bemposta e uma vindima na qual participaram várias pessoas.

O concelho de Vimioso regista outro caso novo (familiar de outros pacientes já infetados, de Carção), tal como Mirandela (a mulher de um paciente que testou positivo na passada sexta-feira).

Desta vez, há mais recuperados do que novos casos, já que as autoridades de saúde do distrito dão como curados da infeção 27 pacientes (ao longo dos últimos quatro dias: 11 em Vimioso (a maioria do lar de Carção), 4 em Macedo de Cavaleiros, 4 em Torre de Moncorvo, 4 em Bragança, enquanto os concelhos de Vila Flor, Carrazeda de Ansiães, Vinhais e Miranda do Douro registaram um paciente recuperado nas últimas horas.
Sendo assim, até ao momento, desde o início da pandemia, a 14 de março, já estão contabilizados 884 casos confirmados no distrito. Recuperaram 521 (59%). Morreram 29 pessoas (3%). Há ainda 334 pacientes com a doença ativa (38%).

O concelho de Bragança tem 202 casos, o que representa 60% do total de infetados em todo o distrito. Segue-se o concelho de Vimioso com 44 casos ativos. Macedo de Cavaleiros e Freixo de Espada à Cinta têm ambos 22 casos. Mirandela tem 12 casos ativos, 8 na freguesia de Aguieiras e mais 4 na cidade, já que o caso do aluno da ESACT passa a estar contabilizado como um caso importado de Ponte de Lima.

Mogadouro contabiliza 9 casos. Vinhais 8, Torre de Moncorvo 7, enquanto Miranda do Douro, Carrazeda de Ansiães e Vila Flor registam apenas um caso ainda ativo.

Há ainda 4 casos importados: 2 da região de Lisboa e Vale do Tejo, 1 de Madrid e outro de Ponte de Lima.

As autoridades de saúde do distrito têm mais de 400 contactos sob vigilância ativa