A opinião de ...

Encontros improváveis: conversas da Fé

Os «Encontros improváveis: conversas da Fé» será um evento que se enquadra na celebração dos 75 anos da consagração do concelho de Alfândega da Fé ao Imaculado Coração de Maria, numa parceria conjunta entre a paróquia e o município de Alfândega da Fé. Este incomum e inusitado encontro entre figuras tão diferentes do panorama social com o mote da Fé tem tanto de incomum como de aliciante e de inovador.

Urge alguma sagacidade num tempo de inoperância ôntica e de desvirtuação axiológica. A Fé tem, ainda, um papel de enorme relevo na formação de consciências mais cívicas, mais responsáveis e mais críticas. A anestesia constante das consciências – muito provocado por determinadas ideologias – deve ser para nós estímulo para dar a conhecer o tesouro imensurável da Fé, das virtudes teologais e da proposta renovadora de vida à luz do Santo Evangelho.

Seremos levados pela poesia da Fé nesta odisseia do encontro. Encontro é sempre lugar de doação e de descoberta. E num tempo em que pouco falamos de nós mesmos e que nunca nos deixa ter tempo para escutar os outros, nada melhor do que, pelo diálogo, gerar encontros que, na linguagem de preciosa filigrana ético-moral, conduzam à vital doação e à incondicional entrega ao bem-comum.

A verdade é que a Igreja foi aos longo dos séculos patrona e mecenas do diálogo e da cultura. Nesse sentido, este evento será vivido no interior carismático, cultural, artístico, histórico da nossa Igreja Matriz de Alfândega da Fé.

Os convidados, muitos com raízes neste território, suscitar-nos-ão para a reflexão séria e autêntica da existência, do sentido da vida, do lugar da Fé e do papel do crente na sociedade civil, tendo sempre como horizonte a promoção integral e a defesa da pessoa humana à luz do Evangelho e da Doutrina Social da Igreja. Teria o maior gosto em partilhar convosco quem serão os convidados, mas porque alguns ainda não confirmaram, peço que aguardem em jubilosa esperança pelo o anúncio público e que se possam associar a nós nos dias 27 de Outubro e 24 de Novembro às 15h na Igreja Matriz de Alfândega da Fé.

Edição
3747