A opinião de ...

“Carnaval na eira, Páscoa à lareira”.

As previsões indicavam que fevereiro seria um mês seco e quente, dominado pela persistência do anticiclone e assim está a ser.
Nos últimos dias assistimos a um fortalecimento das altas pressões que nos garantiu o regresso da estabilidade, com descida das temperaturas mínimas, o reaparecimento dos nevoeiros e das geadas em alguns locais, também notamos uma subida das temperaturas máximas, que se acentuou a partir de ontem.
Este mês, praticamente, ainda não choveu na nossa região, analisando os dados oficiais da estação meteorológica de Bragança do Instituto Português do Mar e da Atmosfera, verificamos que a precipitação registada é residual, até ao dia 17 de fevereiro, apenas tinha acumulados 4 litros por metro quadrado, quando a média (1971-2000) é de 75 litros por metro quadrado, situação potenciada pela ausência de depressões com as suas frentes associados a latitudes que nos possam influenciar, os centros de baixas pressões têm sido constantemente bloqueados pelas altas pressões no atlântico, desviando-as para norte, para a Islândia e Reino Unido, onde as chuvas e os ventos fortes têm sido notícia, por outro lado no sul da Europa, seguimos sem sentir os verdadeiros rigores do inverno, que continua sem aparecer.
Nas barragens, a situação continua estabilizada, com a bacia do Douro a registar um decréscimo ligeiro de volume armazenado nas últimas semanas, janeiro terminou com uma taxa de armazenamento de 84.9%, quando a média está nos 68.9%, a 14 de fevereiro o valor recuou para 83%, a albufeira da Serra da Serrada, que abastece a cidade de Bragança continua a 100% da sua capacidade e o Azibo em Macedo de Cavaleiros encontra-se a 94.6%, dados do Sistema Nacional de Informação de Recursos Hídricos.
Que tempo vamos ter no Carnaval? Tudo parece indicar que a previsão mensal vai mesmo confirmar-se, ou seja, a tendência é de continuação de tempo seco, com mínimas frescas e acentuado arrefecimento noturno, contudo nas horas centrais dos dias, as temperaturas tendem a subir, novamente para valores bem acima do que seria normal esperar para esta época do ano, Bragança, Macedo de Cavaleiros e Miranda do Douro deverão registar temperaturas máximas em torno aos 18ºC durante todo o fim-de-semana, Mirandela irá rondar os 20ºC, as mínimas irão variar entre 1ºC e os 3ºC em Bragança, Vila Flor e Miranda do Douro, entre 1ºC e os 4ºC em Mirandela, as temperaturas deverão começar a descer a partir de 2ª feira, dia 24.
Dada a incerteza das previsões a prazo, aconselhamos o acompanhamento das atualizações de toda a informação na página de Facebook e Twitter do Meteo Trás-os-Montes.

Edição
3769