A opinião de ...

“Novembro à porta, geada na horta.”

O segundo mês do outono meteorológico chega hoje ao fim, outubro trouxe o que mais precisávamos, a precipitação a todo o nordeste transmontano, já notamos como o verde volta a despontar nos nossos prados e bosques, ainda que sem dados oficiais, creio poder afirmar, que pelo menos a média mensal terá sido atingida em Bragança.
Mas e então a seca? A seca essa continua, precisamos que as condições meteorológicas continuem assim, instáveis, com precipitação durante um largo período de tempo, bem distribuída geograficamente para podermos falar de um desagravamento significativo da seca na nossa região, só assim, a humidade, que neste momento é apenas superficial, poderá penetrar nos solos, alimentar os nascentes e por fim reativar o ciclo da vida, o IPMA confirma isso mesmo, as chuvas das últimas semanas ajudaram a repor humidade nos solos em praticamente toda a região, pelo que assistimos a uma recuperação da percentagem de água no solo, em especial no planalto mirandês, eixo Montesinho – Nogueira e Barca D’Alva, mais modesta no vale do Tua e Douro, mas ainda assim insuficiente para haver impacto nos nascentes.
Nos últimos dias tivemos tempo outonal, com alguma chuva e temperaturas amenas, o anticiclone dos Açores recuou para sul daquele arquipélago, permitindo a passagem de várias frentes e linhas de instabilidade pela região, a elevada humidade propicia a formação de neblinas e nevoeiros, em especial durante a madrugada e manhã, a muita nebulosidade funciona como uma “manta” não permitindo que se perca calor para a atmosfera, contribuindo para mínimas amenas, o dia de Todos os Santos não será diferente, há uma probabilidade elevada de precipitação, trovoadas e não sentiremos demasiado frio, também poderá haver algum vento.
No curto prazo, a novidade estará na descida das temperaturas que trará novembro, uma descida que começará amanhã e que se incrementará ao longo do fim-de-semana, tanto das máximas, como das mínimas, Bragança hoje ainda irá aos 19/20ºC mas na próxima terça-feira apenas teremos 13ºC, Mirandela irá descer dos 23ºC aos 17ºC, Vinhais dos 19ºC aos 12º; em relação às mínimas, Bragança registará uma queda dos 13ºC registados hoje para 5ºC na próxima terça-feira (valores aproximados).
As previsões de largo prazo são otimistas, há muitos meses que não via uma previsão mensal de precipitação acima da média no nosso país, durante pelo menos as próximas 3 semanas, tratam-se de previsões de largo prazo, bastante falíveis, mas esperemos que se cumpram.
Poderão acompanhar diariamente as atualizações de toda a informação na página de Facebook e Twitter do Meteo Trás-os-Montes.

Edição
3754