A opinião de ...

“Por muito que Julho queira ser, pouco há-de chover”

Julho trouxe consigo o que Maio e Junho não conseguiram trazer: as típicas trovoadas de verão. A semana arrancou com muita instabilidade atmosférica, as trovoadas foram generalizadas e tocaram praticamente toda a região. Foram localmente intensas e acompanhadas de granizo em alguns pontos, a precipitação registada foi uma autêntica bênção para muitos campos agrícolas. Tratou-se de uma situação transitória, rapidamente a atmosfera retomou a estabilidade, o sol voltou a brilhar, as temperaturas subiram significativamente e neste momento voltamos a sentir calor intenso e normal para esta época do ano em toda a região.
Rapidamente recuperamos a influência das altas pressões, com o anticiclone dos Açores a exercer influência na nossa região, colocando-se em “cunha” sobre o Golfo da Biscaia e garantindo nova mudança de massa de ar. Deixamos de estar sob o raio de ação de ar marítimo para uma nova corrente de leste, ou seja, ar quente e seco, proveniente do centro da Península, garantindo a continuação nos próximos dias deste tempo. Contudo, pelo menos para já, e segundo os dados dos principais modelos meteorológicos, não estamos perante uma onda de calor, pois as temperaturas serão de verão, mas não excessivamente altas e será uma situação bem delimitada num curto período tempo.
Bragança continuará com temperaturas diurnas muito agradáveis, variando entre os 35ºC previstos para amanhã, sexta-feira e os 31 previstos para o próximo domingo. Mirandela, como sempre, a rainha do calor, podendo amanhã tocar os 40ºC, em Torre de Moncorvo também muito calor, 38ºC amanhã, descendo aos 33ºC no fim-de-semana. Já em Miranda do Douro vão variar entre os 36ºC de amanhã e os 32ºC no sábado. As mínimas continuarão longe de valores tropicais, o que é uma excelente notícia, pois será possível dormir confortavelmente durante as noites. Vinhais, Macedo de Cavaleiros, Vila Flor e Alfândega da Fé não irão descer dos 16ºC, Freixo de Espada À Cinta não descerá dos 17ºC e Bragança dos 15ºC.
A seca continua a preocupar a nossa região, a chuva que caiu na segunda-feira foi manifestamente insuficiente para ajudar a mitigar esta situação, contudo foi importante para aportar humidade ao ambiente e às camadas mais superficiais dos solos. Segundo o IPMA, toda a região está em seca fraca e com índices de humidade nos solos muito baixos, em especial nos concelhos de Mirandela, Vila Flor, Vimioso e Mogadouro, mantendo-se valores estáveis em relação ao relatório do mês anterior. Especial atenção ao índice UV (muito alto) e ao risco de incêndio que irá subindo significativamente nos próximos dias.

Poderão acompanhar diariamente as atualizações de toda a informação na página de Facebook e Twitter do Meteo Trás-os-Montes.

Edição
3738