Nordeste Transmontano

Covid-19: 165 casos novos esta quinta-feira

Publicado por Fernando Pires/AGR/FP em Qui, 2021-01-07 21:16

Tal como acontece a nível nacional, o distrito de Bragança confirma a tendência de subida de novos casos de infeção do Sars-Cov-2, com o distrito a ultrapassar os seis mil casos positivos desde o início da pandemia.

O mais recente boletim das autoridades de saúde indica que, nas últimas 24 horas, registaram-se mais 156 novos casos, contra apenas 63 pacientes recuperados, resultando em mais 93 casos ativos entre ontem e hoje, elevando para 1000 o número total de casos ainda ativos.

Bragança com 65 novas infeções, em conjunto com os 33 de Miranda do Douro, somaram perto da centena de casos. Seguiu-se o concelho de Macedo de Cavaleiros com 17, Mogadouro com 14, Mirandela registou mais 13 novos casos, repartidos entre a cidade, Valbom dos Figos (já totaliza 9 infetados), Carvalhais e Mascarenhas.

Em Mogadouro, os principais focos de preocupação prendem-se com a freguesia de Meirinhos e com a própria vila, onde já foram identificados casos na corporação de bombeiros. Em Meirinhos, algumas pessoas fizeram testes rápidos por alturas das festas de Natal e passagem de ano que indicavam resultado negativo quando, na realidade, já eram positivos. Nesta altura, já são 38 os infetados naquela freguesia.

Em Bragança, o grosso das infeções está espalhado pela comunidade.

No distrito houve ainda 5 novos casos positivos em Vimioso, 3 em Vinhais e Torre de Moncorvo e 1 caso novo nos concelhos de Carrazeda de Ansiães, Alfândega da Fé e Freixo de Espada à Cinta.

Quanto aos 63 recuperados, de ontem para hoje, 28 são de Bragança, 17 de Macedo, 12 de Miranda, 5 de Mirandela e 1 de Carrazeda.

Entretanto, a direção da Casa da Criança de Sendim quebrou o silêncio a que estava votada desde o início do surto naquela instituição para anunciar, nas redes sociais, a recuperação de todos os infetados.

Perante estes dados, há agora 6086 casos confirmados, desde o início da pandemia. Recuperados são 4960. Mortes são 126 (ainda não constam no boletim as mortes registadas no lar de Miranda do Douro).

Confira os 1000 casos ativos no distrito, a sua distribuição por concelhos e as diferenças face ao dia de ontem (6 de janeiro)

BRAGANÇA 283 (+37)
MACEDO 212 (IGUAL)
MIRANDA 194 (+21)
MOGADOURO 106 (+14)
MIRANDELA 57 (+8)
VIMIOSO 41 (+5)
VILA FLOR 36 (IGUAL)
VINHAIS 30 (+3)
ALFÂNDEGA 25 (+1)
MONCORVO 9 (+3)
FREIXO 6 (+1)
CARRAZEDA 1 (IGUAL)