Ensino Superior

IPB procura soluções mistas com aulas presenciais e à distância para evitar perda de alunos no próximo ano

Publicado por Glória Lopes em Qui, 2020-05-14 10:07

A previsão de decréscimo no número de alunos, estrangeiros mas também nacionais a estudar no Instituto Politécnico de Bragança (IPB) no próximo ano lectivo, por causa das consequências da pandemia covid-19, preocupa os responsáveis da instituição e o ministro da Ciência e do Ensino Superior, Manuel Heitor, que na passada sexta-feira, admitiu que poderá haver “uma quebra a nível nacional”. Todavia, o politécnico está a procurar reagir à crise apostando na criação de metodologias pedagógicas mais inovadoras, introduzindo ensino presencial e não presencial nas aulas para dirimir dificuldades, como atrasos, no próximo ano.