A opinião de ...

Água de julho, no rio não faz barulho

Chegou julho, o mês mais quente e seco do ano segundo as normais climatológicas, chama-se normal climatológica de um elemento climático, ao valor médio correspondente a um número de anos suficiente para se poder admitir que ele representa o valor predominante daquele elemento no local considerado.
Segundo os registos oficiais do IPMA, a estação meteorológica da cidade de Bragança apresenta as seguintes normais meteorológicas (1981-2010): Maior temperatura máxima em julho é de 38.8ºC, média da temperatura máxima é de 29.2ºC, média de temperatura média é de 21.7ºC, média de temperatura mínima é de 14.2ºC e o menor valor de temperatura mínima é de 4.6ºC. No que toca à precipitação o valor da média da quantidade total é de apenas 15.4mm e o valor máximo diário de 36.9mm.
É a partir destes valores que os modelos calculam as anomalias, ou seja se os valores de temperaturas e precipitação se preveem acima, abaixo ou na média para cada período, a temperatura mais elevada registada oficialmente em Bragança é de 39.5ºC no dia 12 de Agosto de 2003, pelo que apesar do calor que se tem feito sentir, os valores atingidos têm andado muito longe de valores extraordinários, e ainda bem.
Nos próximos dias, as condições meteorológicas não vão sofrer grandes alterações, os modelos meteorológicos continuam a simular a persistência de uma “bolsa de ar frio” em frente às costas portuguesas, que irá deambulando pelas nossas latitudes, como consequência, mais uma vez o calor mais significativo será desviado para leste, teremos temperaturas altas, mas não excessivamente altas e as noites serão algo frescas, sem atingir pelo menos para já o patamar das noites tropicais.
A posição desta “bolsa de ar frio” ou “Cut-off Low” pode ajudar à formação de nebulosidade de evolução diurna durante alguns dias, com a possibilidade de ocorrência de trovoadas, irregularmente repartidas, que a ocorrerem poderão ser pontualmente intensas e muito localizadas, sempre mais prováveis em zonas de montanha.
As temperaturas irão variar entre os 14/17ºC e os 30/32ºC em Bragança, entre os 15/17ºC e os 31/33ºC em Miranda do Douro, entre os 13/16ºC e os 30/32.C em Mogadouro, entre os 15/18ºC e os 34/36ºC em Mirandela, entre os 14/17ºC e os 29/31ºC em Vinhais.
No largo prazo, é expectável a continuação de um padrão com temperaturas não excessivamente quentes e com ausência de precipitação, em linha com o esperado para o mês em que estamos, pelo que o índice de água nos solos continua em agravamento, ao mesmo ritmo do agravamento da seca que afeta com severidade boa parte da nossa região e país.

Poderão acompanhar diariamente as atualizações de toda a informação na página de Facebook e Twitter do Meteo Trás-os-Montes.

Edição
3737