// Ambiente

Em tempo de quarentena deposição correta de resíduos também é importante

Publicado por Glória Lopes em Qua, 2020-03-25 16:05

• O Ministro do Ambiente e Ação Climática, João Pedro Matos Fernandes, divulgou esta quarta-feira uma mensagem sobre o cumprimento da obrigação de recolhimento, uma altura em que mais cidadãos permanecem em suas casas, deixando diversos conselhos, nomeadamente que todos os resíduos produzidos em casas com casos de infeção ou suspeita de contaminação devem ser colocados no lixo comum. O saco do lixo não deve ser completamente cheio e deve certificar-se que é colocado dentro de outro saco; as luvas, máscaras e os lenços de papel (mesmo sem estarem contaminados) devem ser sempre colocados no lixo comum, e nunca, mas nunca, no ecoponto ou na sanita; neste momento não se deve deixar no exterior da casa móveis, colchões ou outros “objetos fora de uso”. Os serviços de higiene urbana precisam de racionar os seus recursos neste momento e a recolha de “monos” não é urgente.

O Ministro pede ainda aos trabalhadores que sigam escrupulosamente as medidas de segurança, nomeadamente reforçando a higiene dos equipamentos de proteção individual.