Mirandela

Fundador do movimento da linha do Tua e PSD criticam desativação do troço até Carvalhais

Publicado por Fernando Pires em Qui, 2019-07-11 10:10

A medida já tinha sido anunciada em dezembro, de 2018, mas só agora começam a aparecer as primeiras críticas.
Na altura, a presidente da câmara de Mirandela aproveitou o anúncio das obras na linha do Tua (que ainda não avançaram) para revelar que o executivo que preside tinha decidido suspender provisoriamente a circulação do metro entre Mirandela e Cachão, até à conclusão das obras, mas também avançou com a decisão de encerrar definitivamente a ligação ferroviária entre Mirandela e Carvalhais, alegando que iria propor a inclusão deste troço de 4 quilómetros no projeto intermunicipal de construção de uma ecopista até Bragança.