Mirandela

Pais de Gonçalo estão à espera de justiça há 17 anos

Publicado por Fernando Pires em Qui, 2020-02-20 09:48

Gonçalo Damasceno, o rapaz que nasceu, na maternidade de Mirandela, com uma incapacidade de 95 por cento, completou, na passada terça-feira, 17 anos, praticamente o tempo que os seus pais lutam na barra dos tribunais para que seja feita justiça.
“É um sentimento de revolta e de injustiça. Acho isto incompreensível”, lamenta Isabel Bragada, a mãe, que aguarda, há dois anos, pela decisão do recurso apresentado pela médica obstetra, que foi condenada, em conjunto a sua seguradora e a Unidade Local de Saúde do Nordeste (ULSNE) ao pagamento de uma indemnização de 385 mil euros, por danos morais e patrimoniais, para além de terem de custear as obras de adaptação no apartamento.