A opinião de ...

Preço, características do hotel ou encargos adicionais: confirme tudo antes de reservar. Veja os conselhos da DECO.

Se decidir reservar online através de uma plataforma, tenha em atenção a origem do site e as críticas relativamente ao hotel. Procure sites fidedignos, e com facilidade no reembolso, caso algo corra mal.
Antes de reservar, confirme o preço, as datas da reserva, a localização do hotel e suas características e se existem outros encargos, nomeadamente, uma taxa turística a ser cobrada no local.
Dê preferência a alojamentos que permitam o cancelamento gratuito, até próximo da viagem.
Depois da reserva, confirme que a recebeu no seu e-mail, e contacte o hotel para evitar surpresas.
Qualquer que seja a forma como fez a sua reserva, leve sempre consigo um documento escrito com a confirmação de reserva e o mais detalhado possível. Estes problemas podem ser evitados se, ao efetuar a reserva, pedir o respetivo comprovativo e exigir que o mesmo confirme os pormenores essenciais para si.
Caso não obtenha o quarto que reservou, tente resolver a questão com o responsável do hotel. Se a substituição não for possível, exija uma compensação: redução do preço ou outros serviços, por exemplo.
Se o seu destino for no estrangeiro, antes de reservar o hotel, verifique se existe alguma regulamentação no país de destino que o proteja além das condições estabelecidas pelos empreendimentos.
Se encontrar este ou outros problemas, reclame no hotel e diretamente no local onde reservou, caso seja diferente do hotel. Contacte também a DECO para melhor esclarecer os seus direitos e ter ajuda na resolução do conflito.

Para Apoio da DECO (deco.norte@deco.pt) dirija-se ao Gabinete de Apoio ao Consumidor da Câmara Municipal de Alfândega da Fé (279 463 476) ou de Macedo de Cavaleiros (278 420 420). A DECO dispõe de um protocolo de colaboração com estas Autarquias e presta apoio presencial nestes concelhos por marcação prévia.

Edição
3742