Macedo de Cavaleiros

Marcelo foi cabeça de cartaz do Entrudo Chocalheiro num dia para a história de Podence

Publicado por Glória Lopes em Qui, 2020-02-27 19:21

“Hoje somos todos solidários com Podence, somos todos gratos a Podence e a Macedo de Cavaleiros”. Foi assim que o Presidente da República cumprimentou a multidão que se juntou em Podence, no passado domingo, para festejar o primeiro Entrudo Chocalheiro com o reconhecimento da Unesco, como Património Cultural Imaterial da Humanidade. "Vim dar um abraço a Podence, neste dia que é de todos nós", acrescentou Marcelo Rebelo de Sousa, sublinhando que o reconhecimento "foi uma vitória desta terra".
O momento era especial. Marcelo Rebelo de Sousa quis associar-se à festa e com ele e muitos transmontanos e forasteiros, também foram por causa dele para o cumprimentarem e para fazer a tão desejada ´selfie'. Milhares de pessoas acorreram à aldeia que teve a sua maior enchente de sempre. Um dia que "ficará para a história", disse o presidente da União das Freguesias de Podence e Santa Combinha, João Santos. “Os caretos são história, são tradição, cultura, são a alma de um povo. São a alma de uma aldeia, são a alma de um concelho e de um país, são também a alma de Portugal”, sublinhou o Chefe de Estado, que admitiu aos jornalistas que se sentiu bem na localidade. "É um símbolo do mundo. Era improvável que uma aldeia tão pequenina podia colocar Portugal no mundo, como fez. Com muita persistência e muita, muita teimosia chegou lá", acrescentou.