Editorial - António Gonçalves Rodrigues

Continuam a brincar com o Interior

O Governo mandou as instituições de ensino superior de Lisboa e Porto cortarem 5% das vagas nos seus cursos para levar mais alunos a estudar no interior do país, mas menos de metade dos lugares cortados foi reforçar a oferta dessas regiões. Quase 53 por cento das vagas passaram para outras instituições do litoral, com destaque para as do Minho, Aveiro e Coimbra.